Batata com Cachorro

(Por questões jurídicas informamos que nenhum cachorro foi maltratado durante a produção deste site.)

Batata com Cachorro: Fase II

Olá, leitores completamente alienados da batatosfera!

Sim, estou de volta escrevendo um texto que não faz a menor diferença na sua vida, mas mesmo assim você vai parar para lê-lo por achar que eu tenho alguma coisa relevante a dizer, quando na verdade nem eu mesmo sei o que eu vou escrever nessa caralha voadora das trevas do universo paralelo subsequente da paralelação dos universos paralelos subsequentes.

Primeiramente gostaria de dizer que falhei miseravelmente nas últimas semanas em relação à produção dos podcasts devido à outra falha miserável cometida por minha pessoa. Vocês devem ter notado que o site ficou fora do ar por algum tempo, e isso ocorreu porque eu esqueci de pagar a hospedagem. Sim, eu sei. “AI QUE BURRO, DÁ ZERO PRA ELE!”

Deixando esse vexame de lado, gostaria de dizer que no dia 01/11, nós completamos 1 ano de existência! 1 ano desde que Mateus Cortes Campos Sales e Caique de Paula Oliveira aceitaram o convite deste maluco que os escreve para criarmos um podcast. Foram tantas coisas legais ditas por aqui, tantas risadas geradas, tanta diversão, tanta experiência adquirida por todos nós nesse tempo, e tantas pessoas legais que se juntaram a nós nessa jornada internética. Tudo graças a você, que nos acompanha a cada um dos episódios lançados!

Gostaria de deixar aqui meu agradecimento a todos os malucos que participaram dessa porra, que está em constante mudança e melhora a cada programa gravado e editado. Gostaria de agradecer primeiramente ao Mateus, meu grande amigo, que conheci no colégio aos 8 anos! Ao Caique, um cara que ao mesmo tempo é tão parecido comigo, mas tão diferente! 4 anos junto com esse maluco, e o BCC fez só fortalecer nossa amizade que antes era só de conhecidos. À Júlia, que sem a saída dela do podcast jamais teríamos aberto para que outras pessoas entrassem e fizessem com que o BCC só crescesse cada vez mais. Ao Henrique Baldo, que fez uma das participações mais infames no podcast “Randomcast #03” lá em novembro do ano passado. Ao Stefano, que participou duas vezes e está sempre fazendo críticas construtivas a nós.

Gostaria de agradecer as primeiras duas participações de fora, Mateus Testoni, que fez-nos enxergar que podíamos fazer algo mais sério e menos bobo e mesmo assim não perdendo o bom humor, e à fofa da Marla Diamante, que fez-me perceber que podia catar pessoas pela internet para compor esse podcast. Agradeço também ao Marcus RF e à Raïssa Palumbo, as duas primeiras presenças honorárias fixas aqui no Batata com Cachorro, que só fizeram a acrescentar na nossa equipe podcastal. Agradeço ao Luiz Paulo “Pagode” Silva, que fez a participação mais silenciosa do BCC. Agradeço ao João Flávio, meu amigo que está sempre por aí quando eu preciso de conversar com alguém e que fez sua primeira participação junto ao Ewertton, um cara que eu convivi por pouco tempo, mas mesmo assim gerou conversas espetaculares, e ao Artur, outro grande amigo que conheço há bastante tempo.

Agradeço à equipe do Banana Automática! Guiga, o carioca mais gaúcho que eu já vi, Lauckson, nosso sergipano favorito, Beber, o cara com a melhor oratória que eu já conheci depois do meu pai. E finalmente à meu pai, Sérgio, que sem a influência dele eu provavelmente estaria ouvindo lepo lepo e indo à bailes funk por aí.

Também agredeço ao Higão, um dos caras mais gente boa que já conheci pela internet, e ao Alan, um dos caras mais porra loca que eu já conheci. Agradeço também às minhas queridas Anna e Carol, que contribuíram muito para o crescimento do BCC em vários aspectos. Também mando meu valeu ao João Paulo Rangel, que gerou uma das histórias mais engraçadas já delatadas no Batata com Cachorro, e ao Rafael Mauss, que mesmo sendo chamado várias vezes e furado, quando participou foi uma delícia de papo.

A meus queridos do Balanço com Batata, Matheus Ultra e Leonardo Coruja, que mesmo tendo um podcast inferior à nível de recursos, o papo dos caras é incrível, e vem nos apoiando em fodamente nessa última fase do BCC. Agradeço também Ao Marcus Baldansa, também do BCB, que mesmo não tendo oportunidade de conversar ainda, apoia tanto quanto os outros.

Ao João Victor, que me fez enxergar a música de uma outra forma, e fez-me produzir programas tão bacanas quanto os BCCs #12 e #13.

Ao Gabriel, que fez sua participação no podcast de Kill Bill de última hora, e preencheu perfeitamente o espaço dos que furaram.

Obrigado a todos vocês que fizeram a história do BCC e me fizeram citá-los nominalmente! Que venha o ano 2!

A partir de agora começa oficialmente uma nova fase no Batata com Cachorro!

 

 

3 comments for “Batata com Cachorro: Fase II

  1. Raissa Palumbo
    26/10/2014 at 23:07

    Ti fofo, achei podre o agradecimento merda a mim, mas tudo bem, viva 1 ano de BCC \o/.
    Amo vocês gurizada!

  2. 26/10/2014 at 23:12

    Tocante … Vida longa a equipe da batata!

Leave a Reply to Leonardo Coruja Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *