Batata com Cachorro

(Por questões jurídicas informamos que nenhum cachorro foi maltratado durante a produção deste site.)

Porra Nenhuma

5 COISAS… que NÃO devem ser feitas no busão

1) Usar as barras pra fazer pole dance; 2) Sentar no colo de uma pessoa desconhecida conhecida pode; 3) Pedir pro motorista se você pode dirigir um pouquinho; 4) Pedir dinheiro emprestado pro cobrador (bem deselegante); 5) Falar que o bagulho é do motorista, pq ele pode se levantar e falar que o bagulho é do cobrador, e o cobrador, muito invocado, falar que o bagulho…

Reformulação!

Olá galera! Bom, estou passando por aqui pra explicar o que houve na última semana e também avisar que esta semana também não vai ter podcast. “Por que, Estevão? Por que vai nos torturar tanto tempo sem o Batata com Cachorro?” Eu explico. Eu não estou satisfeito com o rumo que o podcast está tomando. Está muito largado. E isso…

A cidade ainda está para acordar

Gosto de sair de manhã de casa porque parece que a cidade ainda não começou. Todos os carros adormecidos em suas garagens, e seus donos fazendo o suco de laranja com pão e requeijão de praxe. Já os menos afortunados estão na padaria que abre às cinco, comprando uma média e um pão na chapa com o troco do ônibus ou o dinheiro que conseguiram pedindo esmola. Não julguem, a média e o pão na chapa são os melhores do bairro, e os mais baratos também.

Gosto da paz, da trégua mundial das manhãs. As vítimas, tanto as que assaltam quanto as que são assaltadas, já se esbarraram, mas com um sorriso no rosto, e não com cara de desgosto. Parece que eles marcam hora para acabar a tal trégua – “Assalto é só depois das nove!” – diz todo mundo.

Gosto da manhã porque parece um mundo novo! Um mundo onde o sol é mais amarelo, o céu é mais azul, e as árvores são mais marrons e verdes. Os prédios parecem mais brutos, o vento mais fresco e as nuvens mais macias. As pessoas parecem mais calmas e tudo parece tranquilo.

A calmaria da cidade me espanta todas as manhãs, mesmo que eu saiba que é o que me aguarda no dia seguinte. Nós marchamos até nossos destinos sem perceber o que nos rodeia… talvez porque estamos hipnotizados com a paz e o cheiro de natureza.

Nós marchamos até nossos destinos e enfim chegamos, aí começa tudo de novo. Menos a manhã… a manhã termina.

Batata com Cachorro #14 – Especial 1 Ano

No dia 01/11/2013, Estevão teve a ideia genial de criar um podcast. Porra nenhuma, pois ele já tinha tido essa ideia anteriormente. Obviamente que a única pessoa com QI (Quociente de idiotice) suficiente para discutir coisas tão intelectuais como as discutidas no BCC, que poderia ser chamada para integrar a equipe fixa deste podcast teria que ser o Mateus. Mas Estevão não estava tão convicto de que seria engraçado apenas com a presença deles dois. Foi quando teve outra ideia genial, e decidiu ligar para a única outra pessoa com QI acima do Mateus, e no mesmo nível dele próprio, o Caique. Caique não tinha a mínima ideia do que era um podcast, mas mesmo assim aceitou participar desta porra louquice. Agora Passa-se 1 ano. E ainda assim, não nos expulsaram da internet.

BCC14

OLÁÁÁÁÁÁ (MA OÊ), BATATEEEEIROS!

Peguem seus convites, tragam seus presentes e assoprem as velhinhas (Sim, isso mesmo. AS VELHINHAS.), porque Estevão de Paula, Mateus Sales, Caique de Paula, Marcus RF, Anna Borges, Gabriel Cerveira, Guiga de Oliveira, Marla Diamante e Leonardo Coruja comemoram o aniversário de 1 ano do Batata com Cachorro, do jeito mais batateiro possível: Fugindo do assunto!

Duração: 2h e 17m.

Arte da Vitrine: Estevão de Paula

Edição: Estevão de Paula

Agradecimento especial aos amigos, participantes e ouvintes que enviaram seus depoimentos e parabéns ao BCC:

Higor “Higão” Nogueira, Lauckson “Lau” Santos, Thaiany Luz, Ewertton Tadeu, Stefano Braga, Artur Ahnert (O Tutuzão), Raïssa “Profana” Palumbo, João Victor Alves, Leonardo Coruja, Matheus Ultra, Marcus “Batata” Baldansa (Todos os três últimos do Balanço com Batata) Zafra, João Paulo Rangel (Do Capinaremos), Anderson Muniz, Carol e Luís Beber (Do Forte RPG).

Play

FELIS NEVERÇÁREO BÃTÃTEIROS \o/

Olar leitores, amigos batateiros e provedores de conteúdo insano deste local!

 

Aqui quem vos fala é Marlandragem, sim, quem liga? (nem eu ligo)

Enfim, vim desejar FELIZ ANIVERSÁRIO!! Quem diria, 1 ANO DESSA LOUCURA!

\o/ Parabéns galero!! Fiz uma singela homenagem no word! Ficou lindo!

Bom, eu não fiz porra nenhuma até hoje no SAITE Batata com cachorro, aliás, estraguei alguns Podcasts dentre outros eventos, mas espero permanecer e insistir na “escrevencia” de coisas aleatórias para vossas senhorias.

Eu disse “coisas aleatórias”, então não esperem coisas bonitas, fofinhas, inteligentes, etc.

Pretendo não escrever muito, pq não quero, acho um saco textos gigantes.

 

Então vamos seguindo.. só na marlandragem!

Abraços abigos!

 

batata

 

3000 :) sorrisos

Olá, Batateiros! Estava eu, rondando pelo Facebook aleatoriamente, quando de repente me deparo com uma foto de um conhecido, com desenhos por cima. E então eu pensei: “What the porra is the porra is that?” Logicamente cliquei no link do indivíduo, e deparei-me com uma campanha muito legal da Unimed. Chama-se 3000 sorrisos. E aí você me pergunta: “Tá, Estevão.…

Jogos que mais me marcaram

Olá batateiros! Como me encheram o saco para que eu fizesse essa caralha voadora, cá estou eu. Desafiado por meu grande amigo, Artur Ahnert, e meu parceiro do Balanço com Batata, Léo Coruja, farei aqui uma lista dos 10 jogos que mais me marcaram pensando rapidamente, e sem necessariamente estarem nessa ordem. Não vou fazer nenhum comentário sobre os jogos,…